A solução para o trânsito de Goiânia.

Sempre saio no domingo para almoçar com a família, uma tradição que aprendi com meus pais. Apesar de ser o dia menos movimentado da semana, sempre enfrento algum transtorno pelo caminho. Como moro no Setor Jaó, na região leste da cidade, faz três semanas que tento um trajeto diferente para chegar nos setores Marista ou Oeste onde ficam alguns dos bons restaurantes da cidade. Não tem jeito, sempre pego um trecho de engarrafamento, especialmente depois que, estupidamente, a Prefeitura resolveu fechar a Marginal Botafogo sem nenhuma necessidade (pelo menos até agora).

            Como se sabe pela experiência de outras metrópoles no mundo, não se resolve problemas de trânsito sem proporcionar transporte público de qualidade. A cidade de São Paulo vai implantar agora o seu primeiro monotrilho ligando o Aeroporto de Congonhas ao Estádio do Morumbi. Trata-se de um metrô de superfície que trafega a 15 metros de altura, ideal para cidades planas como a nossa. Fiquei imaginando duas linhas: uma ligando o Jardim Novo Mundo ao trevo de Trindade e outra, cruzando com a primeira, ligando a Avenida Independência a cidade de Aparecida. As linhas de ônibus continuariam fazendo os trajetos capilares.

            A implantação de um sistema deste porte custaria 10 vezes menos que o metrô e quase nenhum transtorno para a população. Não se trata de nova tecnologia – os monotrilhos já rodam e várias cidades do mundo – a novidade é que eles agora estão mais acessíveis. Se faltava uma solução, a experiência paulistana nos mostra que ela existe e é perfeitamente possível.  

            

Este post foi postado em Destaque por tucano. Marcador permalink.

About tucano

Marcos das Neves "Tucano". Professor há 42 anos, biólogo, sanitarista, especialista em administração escolar, gestão de conteúdo e logística da informação. Pai de quatro filhos e apaixonado pela esposa, família, educação e tecnologia educacional. Idealizador do Colégio Integrado Jaó, do Método Nintai de Sistematização de Conteúdo e, atualmente, Superintendente Executivo de Educação do Estado de Goiás.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *